Navegadores de internet: qual o melhor?

O Laboratório Digital deste mês levou para a bancada os principais browsers. Confira!

O Laboratório Digital deste mês avaliou e comparou as últimas versões do Google Chrome; Microsoft Edge; Mozilla Firefox; Opera; Vivaldi; e também o Safari, da Apple.

Design e utilidades

Cada navegador tem sua própria loja de aplicativos e extensões. Em número de opções, o Chrome ainda é campeão. Mas as ofertas de aplicativos, temas e extensões para Opera, Firefox e Edge também são grandes em seus marketplaces. O Vivaldi é o mais customizável de todos. Além das inúmeras opções de personalização, você pode encaixar sites como painéis laterais enquanto usa a janela principal para navegar. 

No Opera, os destaques são um botão de economia de bateria, que promete até uma hora a mais de uso longe da tomada; e, do lado esquerdo, links de acesso rápido para abrir a versão web do Whatsapp e do Messenger, do Facebook. Fora isso tem um recurso bem legal que abre uma tela flutuante para pesquisas e função para tirar “fotos" da tela…

As extensões do Safari estão na mesma App Store do sistema operacional Mac OS. O modo leitura do navegador, presente também no Firefox, Vivaldi e Edge, exibe apenas o texto de uma página, excluindo fotos, gráficos e publicidade.

Velocidade e performance

A melhor forma de fazer uma comparação justa é através dos benchmarks; conjuntos de testes criados exclusivamente para avaliar a performance de cada ferramenta sob diferentes aspectos.

Cada teste foi realizado individualmente no mesmo computador, sem qualquer outro programa ou aba do navegador abertos. O único browser testado em outra máquina, por motivos de compatibilidade, foi o Safari; neste caso usamos um computador da Apple.

A primeira bateria de testes foi feita com o Basemark 3.0; o benchmark faz 20 avaliações no navegador; renderização de páginas, imagens em 3D, performance em HTML5, execução de vídeo em alta definição, processamento de games e outros. Em uma comparação bem completa, a pontuação mais alta foi a do Opera, com 441 pontos; em segundo lugar, o Vivaldi alcançou 418 pontos e, em terceiro, o Chrome, com 381 pontos. O Safari marcou 353, o Firefox 301 e, em último lugar, o Edge ficou com 259 pontos. Neste benchmark, o Microsoft Edge e o Safari não foram capazes de efetuar o teste de WebGL 2.0, uma ferramenta de processamento de gráficos 3D mais avançada.

Em seguida, os testes foram feitos no WebXPRT 3, uma das ferramentas mais completas do mercado. O benchmark faz 42 testes em seis cenários diferentes baseados em HTML5 e JavaScript criados para simular as tarefas do dia a dia: tratamento de fotos, organização de arquivos usando inteligência artificial, análise de preço de ações, criptografia de notas, reconhecimento de texto e diversos outros. Nesta comparação, os resultados ficaram mais próximos, ainda assim, quem se saiu melhor foi o Firefox, com 206 pontos. Edge, Vivaldi e Opera vieram em seguida, com 167, 166 e 160 pontos respectivamente cada um. O Chrome ficou um pouco atrás, com 142 pontos. E, na lanterna, o Safari só marcou 136 pontos nesta bateria.

A terceira rodada de testes ficou por conta do Speedometer 2.0; uma solução que mede a velocidade de resposta de aplicações online. Nesta comparação, Vivaldi e Opera ficaram praticamente empatados em primeiro lugar com 63,5 e 63,4 interações por minuto respectivamente. Em terceiro lugar, o Safari anotou 59,2, seguido de perto pelo Firefox, com 58,1 interações em um minuto. O Chrome ficou em penúltimo lugar, com 55,6. E o Edge, em último, com 43,2 interações por minuto apenas.

Para fechar essa grande bateria de testes, o resultado do benchmark JetStream 1.1 é focado nas aplicações online mais avançadas. Em primeiro lugar, surpresa, o Edge com 177 pontos; o Safari veio próximo, com 175 pontos. Em terceiro lugar, ainda com alta pontuação, o Firefox; 160 pontos. O Opera marcou 120 e o Vivaldi 117. Aqui o Chrome não foi bem e alcançou apenas 101 pontos.

Privacidade e segurança

O Chrome, em particular, por ser uma ferramenta nativa do Google é o maior suspeito em coleta de dados dos seus usuários.

Além do próprio Chrome, o Safari, Vivaldi, Opera e Firefox, todos usam a tecnologia de Safe Browsing do Google para detectar sites potencialmente perigosos. O algoritmo alerta toda vez que o usuário entra em contato com uma página suspeita ou tenta baixar algo nocivo para o computador. Todos os navegadores trazem a opção de sessão privada; uma aba independente que impede o armazenamento de histórico, arquivos temporários e cookies.

Conclusão

Na questão de desempenho, aqui no Laboratório Digital deste vez avaliado através dos testes de benchmark, só será de grande impacto no seu uso se você tiver uma máquina intermediária ou de entrada. Equipamentos top de linha dificilmente vão apontar qualquer diferença de velocidade; ainda assim, foi possível fazer um ranking a partir dos nossos testes…

A partir dos quatro benchmarks realizados chegamos à seguinte classificação: em último lugar, o Google Chrome; o navegador é um dos mais pesados em termos de uso de recursos - ou seja, ele não é o mais indicado para máquinas com pouca memória RAM.

Opera e Vivaldi surpreenderam! O ponto fraco do Opera, no entanto, é o seu marketplace de extensões – que tem bem menos opções.

O Vivaldi é diferente e merece atenção! O navegador se saiu muito bem nos testes e é a opção que mais permite personalização do usuário.

Edge e Safari não impressionaram durante as avaliações. O navegador da Microsoft se limita a uma menção honrosa por ter conseguido alguns bons resultados nos testes. Fora isso, é apenas o navegador padrão do Windows 10. Já o Safari evoluiu bastante na sua última versão e traz funções interessantes. Mas…é uma ferramenta exclusiva para usuários de Mac. O navegador é rápido e seguro. Pela integração completa, além da performance, o Safari ainda é a melhor opção para quem usa um Mac.

E o grande campeão da rodada, desta vez, é o Firefox. Recentemente, o navegador recebeu sua maior atualização em mais de uma década. Se nas últimas comparações ele deixou a desejar no quesito velocidade, desta vez o navegador da Mozilla se saiu muito bem! As opções de extensões e personalização do navegador são muitas. Nos testes de benchmark, o Firefox teve ótimos resultados em todos os quesitos.

E você? Qual seu navegador preferido? Já experimentou algum diferente mais recentemente? Compartilhe sua opinião!

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.


RECOMENDADO PARA VOCÊ