Fabricante chinesa ZTE assina acordo para encerrar bloqueio comercial dos EUA

A fabricante chinesa ZTE chegou a um acordo com o governo dos Estados Unidos para encerrar uma restrição de importação de produtos norte-americanos. Depois de anunciar o fim das operações globais devido às sanções comerciais promovidas pelos EUA, a ZTE conseguiu uma maneira de manter suas atividades.

O acordo fechado entre a ZTE e o Departamento de Comércio dos EUA prevê que a empresa pague uma multa de US$ 400 milhões para que a proibição de negócios comerciais seja revogada.

O governo dos EUA impôs uma restrição comercial à ZTE após a empresa chinesa vender ilegalmente produtos para Irã e Coreia do Norte países que sofrem sanções dos Estados Unidos.

Com o bloqueio, a ZTE ficou impossibilitada de importar chips da Qualcomm e também o sistema Android, o que prejudicou a criação de novos smartphones. Agora, com tudo resolvido, a fabricante pode retomar suas atividades e também seus acordos comerciais com empresas dos EUA.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ