Empresa desaparece após arrecadar mais de R$ 1,2 milhão vendendo criptomoedas

A empresa Confido, que prometia oferecer "um aplicativo baseado em blockchain para realizar pagamentos e rastrear encomendas", sumiu da internet depois de arrecadar mais de US$ 374 mil (R$ 1,2 milhão) de investidores. Esse dinheiro foi levantado pela empresa por meio de uma ICO, uma oferta inicial de criptomoedas que, supostamente, se valorizariam com a empresa.

Segundo o Gizmodo, tanto o site oficial quanto a conta do Twitter da Confido foram deletadas da internet. Pessoas que investiram na criptomoeda promovida pela empresa não têm nenhuma maneira de entrar em contato direto com ela. Ao que tudo indica, portanto, a oferta inicial de moedas da empresa foi um grande golpe. O The Next Web conseguiu localizar um vídeo que apresentava o aplicativo que a empresa prometia desenvolver. Ele pode ser visto abaixo:

O site Trustnodes chegou a localizar uma mensagem postada no Reddit de um suposto representande da Confido. A pessoa afirma que a empresa "está em um momento difícil, pois estamos tendo problemas legais causados por um contrato que assinamos". Sem dar mais detalhes, a pessoa postou também a mesma mensagem no Medium, mas ela foi apagada pouco depois. O print da mensagem do Reddit, no entanto, pode ser visto abaixo:

Reprodução

Mas mesmo aquele suposto representante da empresa parece não estar bem informado. Horas depois, segundo o Motherboard, ele voltou ao Reddit com outra mensagem, dizendo que não tem "absolutamente nenhuma ideia do que está acontecendo". O site tentou contato com esse perfil por meio de mensagens do Reddit, mas não obteve resposta.

Revolta

Como seria de se esperar no caso de um golpe, as pessoas relacionadas à empresa também desapareceram da internet. De acordo com o The Next Web, o CEO da empresa, Joost van Doorn, deletou seu perfil do Facebook. O Gizmodo percebeu que a página do LinkedIn relacionada a ele também foi deletada.

Isso, naturalmente, fez com que o valor da criptomoeda lançada pela empresa simplesmente evaporasse. A Confido, segundo o Trustnodes, chegou a ter um valor de mercado de mais de US$ 10 milhões (R$ 32,5 milhões). Esse seria o valor total de todas as criptomoedas que a empresa emitiu - mas com o sumiço da empresa, esse valor caiu para praticamente zero.

Nesse caso, coube à empresa TokenLot, que gerenciou a oferta inicial de moedas da Confidio, responder aos investidores lesados pelo provável golpe. Ao Motherboard, a empresa admitiu que é "o único resquício agora em termos de pessoas entrando em contato em busca de respostas", e considerou que os envolvidos na Confidio "eram ótimos golpistas".

 

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ